domingo, maio 17, 2009

Serra Lendária: “Amar Ofa”

“ A lenda « Amar Ofa» baseia-se em factos históricos relacionados com a expulsão dos judeus pelos reis católicos de Espanha e com a vinda de muitos desses judeus ( cerca de quinze mil famílias) para Portugal no reinado de D. João II, que os acolheu e protegeu.


Segundo a tradição, o caso de amor entre um cavaleiro cristão e a linda filha de um rico judeu que se refugiou em Castelo Rodrigo é que deu origem ao nome da serra onde surge a aldeia: Serra da Marofa.(1)”

Eis a versão abreviada da lenda:
Zacuto, um viúvo que viajava com a sua única filha Ofa decidiu comprar o alto da serra de Castelo Rodrigo e a sua encosta até ao rio Côa, para aí construir a sua habitação e iniciar o cultivo dos terrenos e a pastorícia.

Ouvindo falar da rara beleza da jovem , o filho do fidalgo das Cinco Vilas fez por conhecê-la e por ela se apaixonou. Inicialmente, esta paixão trouxe grandes dor aos pais do jovem Luís dadas as diferentes religiões que os separavam.

Nessa altura, D. Manuel ordena a expulsão de todos os judeus que não se convertessem ao cristianismo e Zacuto e Ofa tornam-se cristãos-novos. Essa nova condição permitiu a Luís obter dos pais autorização para frequentar a casa de Zacuto e pedir a mão de sua filha. O novo fidalgo sempre que ia ao alto da encosta dizia a sua mãe: «Vou amar Ofa».

Era também esta a resposta que os seus amigos recebiam quando lhes perguntavam das intenções dos seus passeios, pelo que todos já afirmavam quando Luís passava pela povoação em direcção à encosta : «Vai amar Ofa».

Após consentimento das duas famílias , os jovens vieram a contrair matrimónio na Igreja do Mosteiro de Santa Maria de Aguiar.

Foi assim que à serra de Castelo Rodrigo se passou a chamar Serra da Marofa(...)". (2)

********** ********** *********** **********

Notas bibliográficas:
(1) Magalhães, Ana Maria, Lendas e segredos das Aldeias Históricas de Portugal, Comissão de Coordenação da Região Centro, Março 2002.
(2) Graça, Eduardo (direc.) “Castelo Rodrigo”,Vol 3, Cartas de Lazer das Aldeias Históricas, Janeiro 2000.
Imagens retiradas da internet

Copiado do Blogue Descubra as Aldeias Históricas, com a devida vénia. Recomendo a visita!!!

O meu obrigada.

Um comentário:

Susana disse...

Olá Luísa!
Gostei muito da tua atitude e honestidade.
Obrigado também pelos links para o blogue das Aldeias Históricas.
Tens um blogue interessante mas seria ainda mais se nos proporcionasses mais postagens sobre a tua Aldeia. Deves conhecer histórias que não vêm nos livros ...

Um abraço,
Susana